Resenha dupla #5: Senhor do Amanhã, de Vanessa Bosso

** AVISO: POSTAGEM ENORME **




Sexta-feira, dia oficial de resenha o/

Mais um livro nacionalíssimo, pessoas.
confiram:

- Título: Senhor do Amanhã
- Autor: Vanessa Bosso
- Ano: 2011
- Editora: Dracaena
- Páginas: 435
- Blog











Sinopse:

Cuidado! Enquanto lê essa sinopse, eles estão de olho em você. Seus e-mails, telefonemas e até os seus pensamentos estão sendo cuidadosamente vigiados. E arquivados. A Nova Ordem Mundial é uma realidade e a agenda global segue no intuito de eliminar 70% da população terrestre. No mundo atual, nada é o que parece ser. Não acredita? Então leia e descubra o que ninguém quer que você saiba. Descubra quem será o Senhor do Amanhã. 

Autora:

Bookaholic assumida e sonhadora em tempo integral, a publicitária Vanessa Bosso foi além de suas próprias expectativas. Contrariando uma natureza impaciente e hiperativa, conseguiu dominar sua mente inquieta, transformando devaneios em obras literárias.


Kamila: Eis aqui uma moça assustada fazendo uma resenha assustada de um livro que me deixou assustada – mesmo.
        Com certeza a fama da Van Bosso já chegou aos seus ouvidos – ou olhos. Pois bem. Esse é o primeiro livro dela que eu leio, e venho confirmar tudo de bão que vocês já ouviram falar – ou leram – sobre ela.
        Senhor do Amanhã amarra todos os eventos desastrosos e/ou catástrofes que vocês já conhecem de forma quase divina. Fico besta imaginando o tempo que a Van gastou só com pesquisa.
        Do 11 de Setembro pra cá – e antes também –, tudo, TUDO faz parte de uma conspiração feia para nos aniquilar e dar início à Nova Ordem Mundial. É. Matar. A gente, nozes. Holocausto. Pior que Hitler e inquisição da Igreja. 80% da população. E o resto que sobrar, bem, vira escravo. É. Isso aí.
        Tudo isso dá medo porque essas coisas existem! Os caixões herméticos da FEMA, as pedras-guia da Geórgia, tudinho! Achei um site << http://www.dominiosfantasticos.xpg.com.br/id720.htm >> que fala sobre isso. Meio sem querer, mas caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaara, eu fiquei doida O___O
        As coisas podem estar aí e nós preocupados com Luizas, Canadá, BBB e Megaupload.
        Pois é.
        Os protagonistas são meia dúzia de pessoas comuns que tiveram o infortúnio de se deparar com a verdade. E a missão de salvar quem pudesse.
        Mas se eles (a Elite Global, os caras por trás disso) controlam tudo, a empreitada seria em vão, não é?
        Perhaps.
O enredo intriga muito, e é ótimo, muito bem preso e com toques de misticismo. Se não houvesse tal misticismo, creio eu que já estaria correndo atrás de uma filial do Verdade Absoluta pra me esconder xD
Por outro lado, há algumas coisas a se salientar. Primeiro, os diálogos. Eles são curtos, ótimo. Rápidos, muito bom. Mas eu me perdia. xD
Exemplificando.
— Ei, Derp, tudo bem? – disse Derpina, se aproximando de Derp, um sorriso no rosto.
— Oi Derpina, e aí? – respondeu, o rosto suando, tentando esconder as mãos que começaram a suar.
^ este aí é um diálogo ao qual estou acostumada. – e costumo escrever.
— Ei, Derp, tudo bem?
— Oi Derpina, e aí?
^ este é um diálogo típico do livro. Quando são dois interlocutores, dá pra levar muito bem, e deixa o livro dinâmico, rápido. Não se sente falta desta lenga-lenga. Mas quando aumenta o número de pessoas falando, o bicho pega... houve partes que eu tive que ler de novo, dada minha lerdeza. Ficava meio assim... “Hã? Quem disse isso? Ah, foi Derp.”
Claro que não comprometeu a leitura – foi até bom porque eu estava atropelando tudo pra saber o final – mas achei estranho isso.
Outra coisa foram as descrições. Melhor, a ausência delas. Fui descobri que Helena (a protagonista) era loirinha de olho azul lá nas páginas 81-82. Eu, como amante de fantasia, acho as descrições – pelo menos das pessoas – fundamentais. Amo imaginar as coisas como um filme, ou um anime (anime é mais fácil =D) e as descrições ajudam nisso aí.
No mais, é tudo ótimo. O livro engana, você olha pra ele e diz: “Mother of God, esse livro é grande.” Pura especulação. A letra é ótima pra ler, assim as páginas são devoradas. DE-VO-RA-DAS. Se você tiver tendência para a insônia, lê com um dia inteiro. Eu fiz várias pausas e li-o com três dias.
Resumindo: instigante, indagador e muito, muito bom. Van está de parabéns, ganhou uma fã.

o/

















Phyreon: Caríssimos.
Sem enrolação, o livro.
A capa ficou legal.
Comecei a ler e a cois me intrigou. Desagradou-me os dois fatores que a mortal citou ali e mais alguns.
Não, mortais. Eu nunca estou satisfeito com nada.
Continuando, o livro é interessante. Meu estilo preferido é de longe a alta fantasia, mas eu até que gosto de Dan Brown e seus romances-conspiração-histórico-quase-de-verdade.
Não, a autora não escreve como Dan Brown.
Interessei-me pela estupidez dos mortais e sua capacidade de nunca perceberem algo embaixo do próprio focinho.
Já me acostumei com isso. Não me importo.
As personagens são:

- Jack Bauer Miller: Não resolve NADA em 24 horas. Pobre mortal, precisa urgente ler meu guia “Como pegar as mulheres”.

- Helena da Silva (esqueci seu sobrenome): half-blood de americano com brasileiro, uma loirinha tinindo que eu quero no meu cabaré.

- Jim Morrison Sato: Japonês. Fim.

- Nick: fé da puta.

Key e sua vida perigosa.
- Kelly Key: O Gordo Granudo Hacker gordo que só faz gordisse. Nerd lvl Over Nine Thousand 100% 1337.

- Michael Nosebleed: Colega da cachaça do Canal 51.

- John Winchester: Chefão do FBI. Se fosse o Winchester ia ser mais útil. Ele caça demônios.

E mais um monte de gente que eu não lembro.

Coisas a observar:

a) Helena e Jack: Quem leva quinze anos pra comer uma mulher?! Qual é a de vocês dois?! Adultos, solteiros, com emprego fixo (e uma conspiração para impedir, mas isso é detalhe) e nada, NADA de cama. Nem um beijinho ao longo de o quê? Quatrocentas páginas?!

Helena e Jack
Y U NO GO TO BED MAKE A BABY?!

Kamila: Phyreon, Y U NO SHUT THIS FUCK UP?!

Phyreon *ignora*: Jack, meu filho, preste atenção ao conselho do velho sábio imortal. Você fiou o livro inteiro nas cortesãs... não pode, já que ama a loira lá. Se fosse eu, em cinco minutos de conversa, no sexto ela estaria gemendo na minha cama.

Kamila: PHY-RE-ON! *se arma com o chinelo*

Minha situação.
b) O Tinhoso: Eu ia colocar quatro estrelas se não fosse ele. É, Tinhoso. Anticristo, demônio, capeta, o Satanás. (é você, Satanás? Satanás!) Ora. Eu sou ateu e agnóstico, portanto não acredito em deus nenhum. E ao contrário do que muita gente pensa, eu não faço ritual satânico nem bebo sangue de criança nem invoco demônios porque eu não acredito em demônio também.
Então, continuando, quem coordena as catástrofes é o Tinhoso (isso foi spoiler? Que peeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeena.), o que acabou com o gosto que tinha tomado pela obra.
Se fosse algo puramente humano... a maldade própria dos mortais e a sede por sair desta condição frágil de mortais, eu amaria tudo.
Mas o final me fez perceber que não daria certo se não tivesse o sobrenatural lá pra servir de combustível e explicação.
Se bem que de acordo com suas crenças eu sou muito sobrenatural, e existo, não é? Só não tenho um CPF.


Coisas que se aprende com Senhor do Amanhã:

- Se vierem com um chip para o seu lado, corra. Se o cara quiser te matar se você correr, prefira a morte.
É sério.

- Água benta, sal e prata. Demônios não gostam disso, então se arme! O revólver de Samuel Colt também serve. Armadilhas pro diabo também.
Devil's Trap. Aprovado pelos Winchester. Bem que eles podiam
ressuscitar a Mary. Eu não ia reclamar...
- Nunca leve quinze anos para dizer a alguém que o ama – ou levá-la para a cama, tanto faz.
- Amigo é amigo e fé da puta é fé da puta.
- EXPLOSÕES NÃO MATAM. – tive várias provas disso.
- Blogs são ótimos para espalhar conspirações, mas ter 1kkk de acessos não quer dizer que 1kkk de pessoas acreditam mesmo naquilo – ou que vai impedir o sistema.
- Se você for preso por ser hacker, sua pena é revertida em trabalho – mas tem que ser MUITO NOOB pra ser pego, detalhe.
- Plante sua própria comida, não tome vacinas, cave um poço artesiano, compre armas e se esconda porque o apocalipse vem aí – e o fechamento do Megaupload é só o começo. Já já vem o Croatoan.
- Ou chame os Winchester pra dar cabo do capeta. Eu estou com preguiça de matar demônios, não pagando pau pra eles. ¬¬
        Agora a tão temida classificação de estrelas.


I - Carnificina.
êêêêêêêêêê - Espirro de Chuck Norris
êêêêê - Planetas explodindo

êêêê - Guerra nuclear (80% da população REALMENTE foi destruída. Outro spoiler?! Mas que dó hein! Sinto muuuuuuuuuuuuuuuito, de verdade. *sarcasmo lvl 99*
êêê - Genocídio
êê - Umas três cabeças voando
ê - Uma mortezinha
- ê - Ninguém morre
- êê - Só nascimento

II - Macheza do herói
êêêêê - Chuck Norris/Phyreon
êêêê - Odin
êêê - Troll das cavernas (faz a barba com um machado)
êê - Macho
ê - Homem
-ê - Bob Esponja (muito frouxo, Sr. Jack. Não merece meu respeito. Faça dez filhos com a Helena, mate uns caras com as unhas e depois converse comigo.)
-êê - Shun de Andrômeda

III - Maldade do Vilão
êêêêê - Phyreon
êêêê - Darth Vader/Sephiroth/Sauron
êêê e meio - O Tinhoso (viu, eu CRIEI uma nova escala só pra ele.)
êêê - Darth Maul
êê - Voldemort
ê - Malvado (esperava mais dele, de verdade.)
- ê - Mera especulação, só fala e nada faz.
- êê - Plâncton do Bob Esponja.

IV - Putaria
êêêêê - Bordel do Tio Phyreon
êêêê - Game of Thrones
êêê - Tenjho Tenge (enredo e peitos em harmonia)
êê - American Pie (menos enredo e mais peitos)
ê - Uns amassos (depois de quatrocentas páginas)
- ê - Shoujo
- êê - Shounen (mais porrada e menos amasso)

V - Enredo
êêêêêêêêêê - Cuspe de Chuck Norris/Just Epic
êêêêê - Tolkien/ Martin
êêêê - Douglas Adams
êêê - Melhor que bom.
êê - Bom.
ê - Dá pra ler
- ê - Pescador
- êê - ZzzzZzZZzzzZ




 









Quer a resenha do seu livro aqui nessa coluna?
Veja como bem aqui. (tá no fim da página, é.)
^^

11 comentários:

  1. KKKKK, pirei nessa resenha! Kmila e Phyreon, nunca ri tanto com uma resenha do meu filho Senhor do Amanhã... na boa, eu amei! Sei que o livro não é perfects e talz, mas enfim, passei o meu recado, né não?? Se liguem que o Senhor do Amanhã já está na área, é sério... putz, é o fim. Bjo da Van.

    ResponderExcluir
  2. Passou sim! Obrigada Van, seu livro é muito muito bom mesmo ^^

    ResponderExcluir
  3. Kadja Andrade27/01/2012 15:17

    AHUSHEHUHAUEUHUHE RI FOREVER AQUI, DSCLP!
    Quero muito ler esse livro *-*. Mas tô dando mais preferência pra Possuída, da mesma autora.

    E Phyeron, y WE don't go to bed make ~~some~~ babys? n

    ResponderExcluir
  4. OH LORD!!! UHAHUAUHAHUHAUUHAHUAAAUAUHA
    Ei, ei, ei, ei Phyreon! Que história é essa de soltar spoiler, HEIN!? KKKKK OMG! Eu adoro a resenha de vocês dois. São divas e incríveis: FATO!
    Tô louca pra ler esse livro. Ate mais que "O Elemental"! Espero adquiri-lo logo. (O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL!)
    Adoro livros de conspiração. Por isso Dan Brown é um dos meus atores preferidos. <33

    Parabéns pela resenha meninos! KKKKKKKKKKKK

    PS: Coitado do key gente! D:

    ResponderExcluir
  5. Kad, Possuída também promete, até onde vi o/
    (vou chamar Phy pra responder sua pergunta, é.)

    Pam, brigada moça! E Phyreon foi bonzinho com Key. Eu vetei umas coisas piores que o Gordo Granudo.

    é.

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha! Morri de rir com o Phyreon mano, adorei!

    ResponderExcluir
  7. Aiiinda bem q tinha spoyler. Phyreon acabou de salvar a minha vida hahahaha. Eu li tantos com o enredo assim da Nova Ordem Mundial, que inclusive tem até dvds ¬¬' a aconselho não assistam é um tédio. Que se eu ler mais um ia me cegar O.o. Mas eu adorei a resenha HOHOHO Phyreon eh o Melhor! XD

    ResponderExcluir
  8. Ixxxxxxxxxxxxxxxxxxxo é linduxxxxxxxxxxxxxxxxo !!!!!

    ResponderExcluir
  9. Sr. Anônimo, por acaso seria meu namorado? ele ama me trolar assim, é.

    Jacéa, realmente, caba que tio Phy é foda.

    ResponderExcluir
  10. Não eu nem te conhexxxxxxxxxxxxo huahuahua !!!!

    ResponderExcluir