Porque eu odeio crianças - I

Hoje eu constatei um fato: eu odeio crianças. Me chame do que quiser, eu não ligo. Eu só não gosto delas. principalmente as que tem fogo no rabo hiperativas.

Começou assim: hoje eu acordei com aquela preguiça normal. Tomei meu café, e minha mãe me pediu para por umas roupas no varal. Fui. O dito varal fica no terraço, e num canto dele é como se fosse minha pequena oficina. Lá eu faço minhas gambiarras e é onde está minhas tintas, pincéis, lápis de cor, carlotas de carros, etc. Lá  também há uma antiga cômoda minha, a qual uso para guardar livros - didáticos e literaturas minhas.- Na lateral da cômoda, eu colei uns desenhos que fiz em folha A5 (que dá duas folhas A4 juntas).

Estava tudo bem, enquanto eu punha roupas no varal e pensava em como seria o remake de "Broken Swords" - um projeto falido- quando eu olhei pro meu desenho de Heisenberg. Eu tenho certo apreço por ele, com Marie-Claire de cabelos soltos, longos e vermelhos como sangue, John, seu irmão, com o igual cabelo rubro, porém curto, e Liz, com sua Katana...

Mas algo estava errado. Muito errado. um risco. UM ENORME RISCO NO MEU DESENHO!
Cheguei mais perto. Não era um risco. Eram vários. MINHA OBRA ESTAVA RABISCADA!

Pensei em chorar. Meus olhos se encheram de água, mas aí eu olhei para o lado. Ali estava a fonte daquilo tudo. Um cômodo, a uns passos de onde eu estava. O salão de beleza da minha mãe. ali, naquele quarto de poucos metros quadrados, minha querida mãe arrumava, pintava, esticava, fazia milagres nos cabelos de mulheres não muito agraciadas pelos poderes do criador. Então as senhoras iam se embelezar, e largavam os filhos a Deus dará. E como os "anjinhos" eram tão quietinhos, pode deixar eles pra lá, né? "É só não descer a escada que é perigoso!!"- dizem as mães, antes de voltar a fofocar com minha mãe.

Nisso, os "anjinhos"  pegam uma cadeira, sobem nela, pegam meus lápis de cor em cima da caixa d'água e vão rabiscar o meu desenho felizes e em sua inocência.

"Nossa, Camila. Você está sendo muito dura. Eles não tem culpa, são crianças!"- pensa você.
Isso porque não foi você quem levou dias para imaginar, esboçar, passar a caneta, apagar, escolher as cores com cuidado e colorir tudo.

Foda-se as criancinhas, meu desenho estava arruinado e irrecuperável.
Não, borracha não resolve.
Não, eu não consigo fazer dois desenhos iguais.
Bem, talvez a magia de rejeição da Inoue Orihime que faz as coisas voltarem ao que era resolve.
Mas só isso também.

Meu dia estava arruinado.

Corri e salvei outros três que ainda sobreviveram. tirei-os de lá e trouxe pro meu guarda-roupa.
Pensei que poderia me recuperar e até perdoar o filho de uma égua  "anjinho" que fez aquilo.

Eu sou tão inocente.
Me engano tão fácil.

12 comentários:

  1. Odeio criaçaaaaaaaas, nao suporto nem ver...nao tem nada de inocente essas pestes.

    ResponderExcluir
  2. Também odeio criancas. Aqui no meu predio é proibido cachorro, mas eu tenho que acordar todo dia as 4 da manha com a "anjinha" filha da minha vizinha aos berros! Essa pestinha é um saco, faz barulho o dia inteiro e a noite tambem. putz, eu nao tive filho para viver em paz e tenho que aguentar isso!! ai que inferno!!!!! E ainda fazem musica "troque o seu cachorro por crianca pobre.." o caralho que eu troco, mil vezes gato, cachorro que essas pestes!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso porque vc nao viu aqueles cachorrinhos que latem o dia inteiro...

      Excluir
  3. Tbm odeio crianças, nunca vou ter filhos, além de um grande incômodo deixam o corpo horrível e te fazem gastar horrores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tirou as palavras do meu teclado kkkk filho so da preju mesmo!o pior e ter que aturar minha irma mais nova de6 anos berrando a maior parte do tempo afff prefiria morreer!!!

      Excluir
    2. Vc tirou as palavras do meu teclado kkkk filho so da preju mesmo!o pior e ter que aturar minha irma mais nova de6 anos berrando a maior parte do tempo afff prefiria morreer!!!

      Excluir
  4. Na minha opinião criança ruin mesmo são as faveladas, putakipariu!! Aquelas porras fasem baderna, gritaria, brigas.. aliás eles respondem qualquer mal entendido com palavrão ou algo asquerosamente sem lógica tirando o fato de que além delas baterem em você sem motivo algum muitas mães ou pais que foram criados da mesma maneira acham que eles não fazem nada disso ou seja.. você não pode revidar em uma criança ou os pais vão tirar satisfaçoes com você então oque resta é apanhar? Vtnc!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Criança so faz merda elas so entendem as coisas na shibata.

    ResponderExcluir
  7. prefiro 10 cachorros latindo doque um fedelho gritando feito porco na faca.

    ResponderExcluir
  8. concordo com todos os comentários e com o relato,não consigo ver beleza em um ser que grita,faz birrar,suja tudo e ainda não pode deixar sozinho pra nada.Nos meus pesadelos eu sempre to gravida.

    ResponderExcluir
  9. Chega de filhos,o mundo já está lotado! Já passou da hora de termos um controle populacional no brasil,primcipalmente entre a classe C e D. Obs: sou pobre.

    ResponderExcluir